3 novas séries estreladas por mulheres incríveis

A TV dos últimos anos está dando um baile no cinema quando o assunto é diversidade. Não bastasse sair na frente dos filmes se reinventando de uns 20 anos pra cá, a televisão está cada vez mais voltada para personagens que são gente como a gente – e não só homens brancos, cis e héteros. Apenas nesse finalzinho de 2016, rolaram três excelentes “comédias” que colocam no centro personagens femininas realmente inspiradoras. Vim aqui compartilhar com vocês essas minhas novas queridinhas <3

Chewing Gum

Grata surpresa entre as produções originais da Netflix! Tracey Gordon (Michaela Coel) é uma jovem de 24 anos que sonha em ter uma experiência sexual com seu namorado há anos, Ronald. O que poderia ser normal – uma mulher adulta expressando seus desejos – se torna uma crônica tragicômica de como é tentar encontrar seu lugar no mundo, especialmente quando se é uma mulher negra e imigrante. Michaela Coel criou a série autobiográfica, já garantiu sua segunda temporada e certamente é uma das pessoas mais engraçadas deste ano.

Better Things

Sempre gostei da Pamela Adlon, que eu mal via depois de ter desistido de Californication. Mas de uns tempos pra cá, ela vem aparecendo cada vez mais, com um ótimo papel em Louie. Agora, a atriz e Louis CK produzem sua nova série no FX, centrada na vida de uma mãe divorciada, suas três filhas e sua vida em Hollywood. Também bastante baseada na vida de Pamela e de suas próprias filhas, a série reúne em 10 episódios temáticas difíceis com um frescor e uma leveza que poucos roteiros têm. É que a protagonista vai descobrindo, junto com a gente, a melhor forma de lidar com seus problemas, por mais lugar comum que possam parecer. É libertador ver uma mãe que sequer tenta fingir que é perfeita, o que não significa que ela não se importe. Sam vacila e deixa a gente irritada, apenas para mostrar, na cena seguinte, que só está tentando dar o seu melhor, assim como todos nós. Better Things aborda sexualidade, raça, gênero e tantas outras questões pesadas sem deixar de nos encantar a cada episódio!

One Mississippi

Essa eu comecei a ver hoje, admito! Mas só de ver os créditos no primeiro episódio já dá pra sentir que essa série reúne nomes impressionantes. Além da protagonista, Tig Notaro, assumem a produção Louis CK (novamente), a roteirista Diablo Cody e a cineasta Nicole Holofcener. One Mississippi tem em comum com as outras duas séries o fato de ser inspirada em fatos da vida da própria Tig, que já foi tema de um documentário na Netflix sobre o período em que perdeu sua mãe e foi diagnosticada com câncer. Apesar de se tratar de uma comediante, a história tem um tom melancólico, com Tig reavaliando as coisas após a perda de alguém insubstituível. Já é uma das novas séries mais promissoras da Amazon, sem dúvida!

Espero que gostem das dicas! E vocês, têm alguma série legal com essa temática para me recomendar? É só deixar nos comentários!

Continue Reading